Barão do Melgaço

Altitude 132m

Clima:  tropical sub úmido e quente

 

Cidade situada à margem esquerda do Rio Cuiabá, a 140 km  da Capital. Abriga em sua região belas lagoas e baías, como a de Siá Mariana e a Chacororé, esta considerada a maior baía do mundo. Na época da Cheia, 98% do Território de Barão de Melgaço, fica alagado, com isto a cidade se torna uma grande e maravilhosa ilha turística.

Barão de Melgaço é rico em História, Cultura e Belezas Naturais.

 História - Barão de Melgaço serviu como ponto estratégico na Guerra do Paraguai. 

                Os Canhões, as Trincheiras de pedras construídas no Morro Chacororé, sob o comando do almirante Augusto        

                 Leverger, o" Barão de Melgaço" ainda hoje existem,  e moradores tentam preservá-las.

Cultura -  O Município é rico em Festas Populares, principalmente as religiosas, que homenageiam os Santos. O povo

                Melgacense mantém viva as Danças do Lenço, Pesca com Arco e Flecha, herdada dos povos indígenas Boróros.

                Existem muitos sítios arqueológicos, que registram a passagem dos povos indígenas nesta região, principalmente nas praias e encostas no Capão do Caco, onde os vestígios são bem visíveis.

Gastronomia    È rica e saborosa, a base de peixe, como a Mojica de Pintado, pacu assado recheado com farofa de banana, pacu sêco e salgado, paçoca de pilão, banana verde com carne e tantas outras delícias.                                                                                                                      

Acesso - Estrada pavimentada, saindo de Cuiabá via Santo Antonio de Leverger e pela Rodovia BR 364 início da Serra de São Vicente entra a direita, vai pra Barão de Melgaço e Mimoso.

 Barão de Melgaço, descendo o rio Cuiabá, de barco a motor até as baías leva  entre 30 a 40 minutos. Durante este percurso podemos observar várias espécies de pássaros, como Martin Pescador, garças, cabeças sêca, taiamãs, colhereiros, anhumas,papagaios, animais como capivars, iguanas, infinidade de jacarés e outros.

A exuberância da Fauna e Flora no Pantanal é inesquecível para os amantes da natureza.

Na Flora encontramos Piuvas, Ipês, Canafistola, diferentes orquídeas, bromélias, helicônias, água-pés. etc.

Saindo das Baías, retornando ao leito do Rio Cuiabá, logo adiante tem uma Comunidade ribeirinha,que vive ali há anos totalmente isolada, pois o único acesso é o Rio Cuiabá...

No Pantanal o meio de transportes mais utilizado pelos turístas é o barco e o cavalo. Através do barco o turísta pode ir a lugares mais longíncuos, fazer uma pescaria, podendo visitar vários ninhais (Local onde os pássaros chocam seus ovos) é um verdadeiro Santuário Ecológico.

Existem vários e bons hotéis e pousadas com muito conforto e totalmente integrados à Natureza, oferecem passeios de barco, cavalo, trilhas, bicicletas para observação da fauna e flora local. Ou contratar um guia credenciado pelo Ministério do Turismo em Barão de Melgaço ou Cuiabá.