Pantanal

 

 Expedição pelo Pantanal selvagem, rico em fauna e flora. Um bioma único em uma das regiões mais fascinantes do Planeta, o Pantanal,  foi declarado pela UNESCO no ano de 2000 "RESERVA DA BIOSFERA" e "PATRIMÔNIO NATURAL MUNDIAL DA HUMANIDADE".

 E no mesmo ano, a Rodovia Transpantaneira na região de Poconé foi decretada ESTRADA PARQUE.

Há várias atividades que o turista pode fazer no Pantanal, como passeio a cavalo pelos campos alagados,

 trilhas ecológicas, bicicleta, pesca de piranhas e passeio de barco.

Pantanal - Localizado no centro geográfico da América do Sul, é a maior planície de água doce inundável do Planeta, com área de 230.000 km², em Território Brasileiro,  região de grande beleza e biodiversidade, abrigando mais de 670 espécies de pássaros catalogadas, mamíferos, répteis e peixes.

Seus campos e cordilheiras, baías, rios e lagoas cobrem uma área extremamente plana de 230.000 km², banhada pelos afluentes do Rio Paraguai, que se estende pelos Estados Brasileiros de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além da Bolívia e Paraguai.

A combinação única entre a localização, o relêvo de baixíssima declividade e o ciclo das águas caracterizado por chuvas intensas concentradas no verão, deu origem a um bioma exuberante e Megadiverso, o PANTANAL.

O regime cíclico das águas repetido há milhões de anos, transformou o Pantanal em um complexo único, abrigando uma das maiores reservas ictiológica da América do Sul. O transbordar das águas se processa entre os meses de Dezembro a Maio, obrigando os animais a buscar as áreas mais elevadas do terreno (cordilheiras). Em Abril cessam as chuvas, mas o nível das águas continua alto, exibindo a força e a belezza da sua vegetação.

A partir de Junho as águas começam a baixar. É a vazante. As águas vão voltando lentamente para o leito dos rios e muitos peixes ficam presos em lagoas e baías, tornando-se presas fáceis para os pássaros e outros animais. Com esta fartura de alimentação, as aves, em especial, garantem a fonte necessária para manter o ciclo da reprodução. Surgem os ninhais, explosão da vida selvagem. Aves de todos os tamanhos e espécies, centenas, milhares. São mais de 670 espécies diferentes de pássaros catalogados no Pantanal.

Convivendo muito bem com o balé das águas, o homem pantaneiro reserva suas tradições, mantendo-se da pecuária extensiva e mais recentemente do turismo ecológico que tem transformado grandes fazendas em pousadas.

Reserva da Biosfera- Expedição pelo Pantanal selvagem rico em Flora e Fauna.

Nossa expedição oferece a oportunidade de explorar a Natureza selvagem e apreciar a flora e um contato próximo com a fauna. Durante a expedição, o turista terá a oportunidade de conhecer habitats típicos do Pantanal. UM DIA DE CAMPO (TÍPICO DOS COWBOYS PANTANEIROS),

A aprender a lidar com o gado.

A conhecer plantas medicinais da região.

Sem falar que de Agosto a Novembro, terá grande chance de ver o maior felino das Américas, o Jaguar (Onça Pintada).

 

o.

Muitas são as fazendas que abriram para o turismo, algumas ainda mantem suas atividades normais como o manejo com o gado, ordenha artesanal e tantas outras atividades do dia a dia de uma fazenda típica pantaneira.

CULTURA PANTANEIRA

A lida com o gado, deu origem a uma riquíssima cultura regional, mesclada da Portuguesa, Indígena e Paraguaia.

Esse trabalho com o gado foi introduzido no Pantanal há mais de 200 anos, é a principal atividade econômica do Pantanal, com vastas pastagens naturais e água levemente salgada, ideal para estes animais. 

É comum nas regiões, competições de laços e rodas de tereré ou chimarrão e as comitivas de gado, em que os peões conduzem boiadas de milhares de cabeças pelo Pantanal.

Ao som das violas, histórias de onça ou de assombração, alegram as noites em volta da fogueira, fartas em churrasco de gado ou de peixes típicos da região.

QUEBRA TORTO

Após beber o guaraná em pó (ralado), o Quebra Torto é a primeira refeição do dia do peão pantaneiro, feita antes de começar a lida com o gado, altamente com sustância (energético) consiste normalmente em arroz carreteiro, paçoca de pilão e outros alimentos.

RODAS DE TERERÉ OU CHIMARRÃO

O tereré é com água gelada, já o chimarrão é com água muito quente, são servidos em guampas ou cuias feita de chifre de boi ou cabaça, enche essa cuia com folhas verdes da erva-mate, e vai adicionando a água  chupando com uma bomba própria para a bebida.

É tomado sempre pela manhã ou a tarde.

FESTA DE LAÇO

Um dos mais importantes eventos da cultura pantaneira, é a Festa do Laço, promovida em datas diferentes por diversas fazendas da região. Reúne peões que, vestidos a caráter, participam de competições de laço e rodas de violeiros, entre outras atrações.

CHURRASCO PANTANEIRO

O churrasco é um dos pratos mais tradicionais do Pantanal.

Consiste em grandes peças de carne bovina em diversos cortes, servidas em longos espetos de madeira. Também é comum o churrasco com peixes típicos da região, como o Pacu, Pintado, Dourado, Piraputanga.

 

Características do Pantanal em diferentes períodos

De JANEIRO A ABRIL - (Cheia) - Tempo chuvoso, mesmo assim é possível fazer os passeios.Neste época a maior parte do Pantanal fica alagada, o meio de transporte mais adequado é o barco para realizar os passeios. A vegetação fica bem verde, oferecendo aos turistas paisagens deslumbrantes. Os mamíferos se refugiam em áreas mais elevas denominadas cordilheiras, dificultando a observação.  Neste período chuvoso há muitos mosquitos.

De  MAIO A JULHO - (Vazante) - É quando as águas vão baixando e os rios voltam ao seu leito normal, ficando para trás grandes lagoas, onde centenas de peixes ficam presos, com isso atrai centenas de pássaros que vem fazer o seu banquete com alimentação farta. Alçando vôo, vem aquela revoada maravilhosa, com o colorido de suas plumagens, enfeitando ainda mais a Natureza.

Nesta época começa a dança dos tuiiuius, ave símbolo do Pantanal, procurando seu par (acasalamento), com isso os pássaros já começam a formar  os Ninhais.

DE AGOSTO A OUTUBRO - (Sêca) - Excelente período para observação da vida Selvagem, com pouca água é mais fácil visualizar os animais. Périodo em que os pássaros estão chocando, ovos eclodindo e filhotes famintos. Abaixo dos Ninhais é comum ver jacarés e sucuris a espera de um filhote caindo do ninho. Época em que o Pantanal está todo florido com os Ipês rosas, rôxo, amarelo, branco, os cambarás e também  as Piuvas.

DE NOVEMBRO  A DEZEMBRO - (Enchente) - Período que começam as chuvas, os filhotes de pássaros já estão voando e deixam os ninhos. Início da piracema, os peixes sobem os rios para desovar nas cabeceiras, é o recomeço da formação da Cadeia Alimentar.

O que levar para o Pantanal

- Protetor solar

- Repelente

- Câmera fotográfica

- Chapéu / boné

- Capa de chuva

- lanterna

- roupas leves

- Calça comprida (passeio a cavalo)

- camisa manga longa

- Tênis / bota ( 2 pares).

Mapa do Pantanal